Festa Infantil, como organizar?

Festa infantil é sempre um dilema. Tantas coisas para fazer que muitas vezes nos sentimos perdidas.

Quando vai fazer uma festinha , quais são as primeiras perguntas que passam pela sua cabeça?

  • Quais são os principais itens para organizar uma festa infantil?!
  • Você tem alguma ordem?
  • O que fazer primeiro?

 

Como eu AMO uma festinha sempre tento me programar com antecedência, mas confesso que estou pecando na festa do Pequeno este ano, pois com o trabalho, acabei deixando para lá e não defini muitos itens.

 

Ainda assim, fiz uma lista para descomplicar a sua festa. Fiz um passo a passo que sigo para organizar as minhas, espero que ajude por ai.

 

Vamos lá, faça uma check list com estes tópicos, isto já irá te ajudar a se organizar. Você vai ver quem uma pequena lista com planos é muito importante e mais fácil de ser seguida.

 

 

1) Data do evento e local: Não adianta definir um item sem o outro.

 

2) Convidados : Faça uma lista com as pessoas que participam da vida de sua família, ou que estiveram próximas de vocês neste último ano. A festa é infantil então não tem como chamar pessoas que não tem contato com a criança. Nessa lista, também prezei por pessoas que me apoiaram durante a gravidez e PRINCIPALMENTE depois quando tive o Pequeno e que “pifei” (assunto para outro post).

 

3) Escolha o tema: a minha escolha geralmente está relacionada com o que estamos vivendo ou o que marcou durante o ano. Exemplo: ano passado o tema foi Super Nicolas – confesso que pensei em como integrar o filho mais velho Luigi na festa. Sei que é um cachorro, mas é o meu filho TAMBÉM e eu queria marcar a presença dele no primeiro ano de filho “de gente”.

Você pode conversar com a criança ou com quem é o protagonista da festa, se forem crescidos eles já tem noção do que querem, então está na hora deles escolherem!

4) O que vai ter na festa, preciso contratar algo de fora? É preciso um planejamento para unir a data disponível do fornecedor com o evento. Exemplo: Buffet, foto, atração, papelaria, convite…

 

5) Orçamento : é essencial estipular qual é o valor da festa para depois não se atrapalhar nas finanças!

Quando penso no que quero ter no evento, confesso que quero tudo, mas também não posso fazer nada além das possibilidades, pois o momento deve ser divertido e não vale a pena se “enforcar”, né?

Mas, vale a pena apertar um pouquinho?

Aqui sempre me esforço para fazer o melhor e coloco prioridades conforme falei no inicio.

.

6) Comida: Eu sempre me imagino como convidada da festa, e sempre me pergunto o que não pode faltar? Com toda a certeza a resposta é COMIDA!

Não precisa ser algo requintado, porém tem que ter certa variedade e ser gostoso, não é mesmo?

 

#DICA: se a verba está curta, você pode alinhar o horário do evento de acordo com o seu bolso!

Se for fazer um almoço e jantar, a comida vai precisar ser mais elaborada, pois as pessoas estarão com fome.!

 

Caso queira servir apenas salgados/ sanduichezinhos, sugiro fazer no horário entre as principais refeições.

Exemplo: um BRUNCH na parte da manha ou até mesmo um picnic, caso o clima ajude na época do seu evento. Uma dica de horário é por volta das 15-16h.

 

7) Bebidas:  Festa de criança pode bebida alcoólica? Suco de caixinha ou natural? Refrigerante?

 

Depois de definir o horário da festa e a comida que pode ser contratada por um buffet, ou se você comprou separado e chamou uma equipe de profissionais para ajudar a servir, temos que pensar na bebida (Ps. Essa parte de buffet x comida a parte, deve ser levado em conta o seu orçamento e também o público que irá em sua festa)

 

Não vejo problema em colocar bebida alcoólica na festa se vai ter adulto! O que não pode é dar vexame, correto? Rs

 

Acho que uma cervejinha pode ir bem e agrada a muitas pessoas!

É uma opção para quem bebe e você não gasta muito.

Se for pela manhã, não vejo necessidade de bebida alcóolica, mas isto vai de acordo com cada um.

O suco depende do seu bolso e da sua disposição, sempre é uma boa opção pois agradada a todos, mas fique atenta a alguns produtos que se dizem naturais, é sempre bom ler o rótulo antes de tudo. Se optar por suco natural, sucos de melancia e de laranja são sempre queridinhos.

Muitas pessoas tomam refrigerante, se for uma festa infantil, certifique-se de que as crianças podem toma-lo, caso a resposta seja negativa, volte para o suco e compre também muita água. Festa tem comida, comida da muita sede e a única coisa que acaba com ela é ÁGUA!

 

 

8) DOCES e BOLO: Tem cada docinho que é tão lindo que tenho até pena de comer! Rs

Para quem a verba não está muito grande, sugiro escolher alguns doces mais decorativos, apenas para chamar a atenção e o resto pode complementar com os outros mais convencionais.

Na festa do ano passado do Nico, eu acabei comprando alguns cupcakes para dar um ar mais decorativo e encomendei brigadeiros de diversos sabores.

Para ficar mais bonito, coloquei em forminhas quadradinhas e coloquei alguns toppers (aqueles palitinhos com desenho) para decorar!

Super funcionou e não ficou muuuuito caro.

 

9) Como registrar o momento: eu amo fotografia. Investir em um bom profissional vale MUITO A PENA!!!

Existem diversos fotógrafos e valores no mercado. Em primeiro lugar conheça o trabalho do profissional minuciosamente, veja se ha uma identidade com o seu estilo.

Exemplo: uma foto espontânea e fotos que estão em primeiro plano.

Observar se o profissional sabe captar bem a luz do ambiente também é muito importante.

Há muitos fotógrafos que são excelentes em estúdio, mas não se dão bem fotografando festas. Por isso que é sempre bom pesquisar bem antes de contratar alguém.

Depois de pesquisar sobre o profissional, peça o orçamento e faça algumas perguntas:

  • Quantas fotos estão inclusas?
  • Todas são tratadas?
  • Qual é o tempo da entrega?
  • Existe uma prévia antes das imagens finais?
  • Essa entrega é online ou existe um material (ex: pendrive)?

Com essas informações, você já consigue olhar o orçamento não só pelo o valor e sim por TODO TRABALHO ENVOLVIDO.

.

10) ATRAÇÃO: O que vai ter na festa? Qual será o público?

No ano passado, sabia que teria cerca de 15 bebês na faixa de 1 ano onde a maioria não andava e precisava de um espaço para brincar e dar descanso para os papais.

Resolvi deixar um espaço Baby reservado no canto do salão que deu super certo!

Neste ano, estes “ex-bebês” já andam MUITO e não param! Sei que um espaço desse não vai funcionar mais. Vou pensar em algo que prenda a atenção destes, para que eles possam brincar e interagir bastante.

Já estou pensando nas opções, depois volto e conto pra vocês.

.

Basicamente este é o meu passo a passo de como organizar uma festa. Espero que esta lista ajude a todos a descomplicar as festinhas, porque só a gente sabe o quanto dão trabalho. O bom é que sempre vale a pena, porque elas ficam simplesmente LINDAS!!

E o passo a passo de vocês? Vocês usam algum método que eu não citei acima? Incluiriam algo nesta lista?  Aceito dicas e sugestões!

 

 

Por Dri Pierantoni @arquitetaemae

 




Comments (1)
  1. jose Reply

    oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *